2.3.06

DE OUTROS CARNAVAIS

cansei desses rostos lindos
cansei desses jeitos inhos
não quero mais julgar dormindo
ou beijar um primeiro olhar

cansei dessas fugas úmidas
e de querer, querer, fugaz
cansei de cansar-me da vida
e do que a minha tristeza me traz

deixe-me... que a dor me viva!
deixe-me olhar pra trás
e deixe que tua dor te sirva
que do caos é que se vê a paz

5 comentários:

Anônimo disse...

Lindo o seu poema !

Leandro Jardim disse...

obrigado! ;P

Carol Monteiro (Puc) disse...

Nossa, esse poema tem tudo a ver com o meu momento atual...amei!!!

Eu sempre amei poesia sabe, mas engraçado (ou trágico), sempre fui mais de escrever quando estava triste (bem verdade que isso persiste até hoje!rs!)...

Diga aí, qual a fórmula da sua inspiração?

Thalita Dias disse...

MARAVILHOSO......é a única palavra que posso dizer!!! Gostei e me identifiquei tanto que vou até colocá-lo durante uma semana no meu perfil do orkut....rs..rs
Reflexão:
Me pego muitas vezes pensando, será que tudo que nos sufoca, nos fazendo cansados social, mental e fisicamente vale a pena????? Será que nascemos para viver a vida sem vivé-la???? E por ai vai......

Anônimo disse...

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»