18.1.07

ÁGUAS PASSANDO

.
uma
a
uma
caem
gotas dos meus olhos,
mas pra mim são rios,
ou eu rio de cascatas.

milhares
a
milhares
caem
gotas dos céus,
nessa chuva que dilúvio,
mas parece meu o cenário.

E eu,
canário,

nado, nado, nado,
e canto, canto, canto,
nesse pranto que me turva
essa mágoa que me queda
d'água.
.
^^^^^^^^^^
*mais um da série Minha Retrospectiva no B7C
este meu poema postei lá em 2 de Julho 06
^^^^^^^^^^
Informações sobre meus livros
Poesia Presente em Gotas e Pétalas:
no post logo abaixo (como comprar) e em outros mais abaixo (mais fotos e dados).
Lembrando, à venda também nas seguintes lojas:
- Baratos da Ribeiro, em Copacabana;
- Livraria do Unibanco Artiplex, na praia de Botafogo;
- Dantes, no cine ODEON no centro;
- Arlequim, no Paço Imperial no Centro também.

14 comentários:

Anônimo disse...

Vim regar este seu poema, tão lindo, tão melancólico.... Tenha um feliz ano, Leandro

Poeta Matemático disse...

Feliz ideia a tua, boa sorte

Ah, e sobre o poema: uma cascata de solidão

Ariane disse...

vim sentir o cheirinho da primavera, mas cheguei por aqui e só tá que chove... também tenho chovido ultimamente, mas o céu tá abrindo, e com o sol vem as flores!

uma flor e um beijo pra você querido jardim!

A czarina das quinquilharias disse...

esse eu não tinha lido ainda :)
chuá!
:*

Clóvis disse...

E estava aqui pensando no barulho das ondas, batendo nas pedras do Arpoador, até que num clique despretencioso chego até aqui, neste percorrer de águas, e cantos, e prantos, e quedas.
Boa surpresa!
Deixe a chuva chover...

(este último pensamento eu escutei certa vez, e me prendi nestes sentido.não que isto seja genial, mas é confortante, não?"Deixe a chuva chover.." me vem como uma brisa, como a chegada de um ar puro, um toque de lembrança boa, presságios de águas, ondas, pedras e sons.)


Meu abraço.
Estou voltando para o mundo encantado dos blogs, depois passe por lá.
Sirva-se à vontade, e coma com as mãos!

Juliana Marchioretto disse...

lindo!

bjos

Lídia M. disse...

"nessa mágoa que me queda d'água."
voltarei mais vezes pra me inspirar.

au revoir!

quando for ao Rio procuro pelos livros.

Márcia(clarinha) disse...

Que caia a chuva mas pare antes de diluviar sua alma...
lindo final de semana querido
beijossssssss

paulo vigu disse...

Em tema de rio, Jardim faz correnteza indo pro mar. A chuva acrescenta para trans & bordar. Belo, hein! Riodaqui leva abraço nas águas. Paulo Vigu

André Lasak disse...

VALEU, CARO JARDINEIRO!

ABRAÇÃO!

PS: Muito bonito o poema!

Ellemos disse...

Leandro, acabo de descobrir o lado bom de ter esta péssima memória: toda vez que leio um poema seu, uma nova emoção, como se fosse a primeira leitura. Segui o link e descobri que já tinha lido e comentado quando da publicação no Blog de 7...

Um beijo!

Ellemos disse...

Ah! Fejones disse que paguei a conta aquele dia... Fiquei tranqüila.

douglas D. disse...

legal, bem legal como vc concretizou os teus livros!

Keila Sgobi disse...

Deste eu me lembro!!!!

Gosto de cantos e nados...

desculpe-me pelo desaparecimento...

bjs