16.3.07

UM POEMA

Um poema, não
precisa: ser
difícil.

Um poema, sim,
precisa (ou não ser)
ofício.

Um poema, nem
bem se precisa.
Bom, se prescinde
um poema, não?


19 comentários:

Clóvis disse...

tons in-versos
paradoxo livre
o poema só precisa ser...
a poesia se basta.




www.poesiascronicas.blogspot.com

remosaraiva disse...

Acho que o que você falou acerca é certeiro, justo e definitivo!! Parabéns pela concisão e o brilho de sempre, poeta!!!


Abraços!!

REMO.

Saramar disse...

Não, não...
o um poema é necessário, assim como esse, com essa medida, com essa beleza.
Beijos

Marla de Queiroz disse...

Um poema,preciso.

Marlabraços.

Vitor Duarte disse...

Declaro,
Jardim, você é um guia que encontrei. Me faz entender em cada nova poesia a importancia da própria. Seja do fazer , do ler, ou do viver.
E faz em poucas palavras.

Sempre em visita.

Vitor

PS- Quero o outro livro. Como faço?

Mary Jane disse...

Uma vida sem poema, seria como a primavera sem flores. :-/
Um beijo

Aline disse...

Poema existe!
Beijo!
:)

paulo vigu disse...

Poema sempre prescindível. Poeta sempre atento. Riodaqui:água e abraço - Paulo Vigu

czá disse...

poetar não é preciso
é impreciso...

ei, qndo o senhorzinho vai atualizar meu link??
:*

Iuri disse...

Regando por aqui também,

bom saber que a poesia está em boas mãos,
companheiro.

Poesia & Flores para todos nós.

:)

Luzzsh disse...

Jardinzin!

Um poema, nem ao menos precisa sua importância; mas para alguns, é algo assim...imprescindível...não?

;)

Beijos...

ácido poético disse...

Muito bom poema então.

Abraço
Brunø

suka disse...

fazia algum tempo que eu não passeava por um jardim tão belo e tão carregado de boas flores, versos, poemas e palavras.

um bom poema deve ser regado sempre.
bjos

Juliana Marchioretto disse...

um poema só precisa nascer....


bjo

Múcio Góes disse...

escrever é um sacro oficio.

sagrado Poeta Jardim!


óóótimo!

[]´s

Katheryne disse...

Leandro, querido:a poesia necessária de todos os dias. Como respiração, beijos e carinhos kathy

Rayanne disse...

Preciso, tú.

Preciso, eu, tuas palavras.

Precisa a mira do teu poema.

Queridoooooooooo!!!

***Estrelas***

__Felícia Lun'azul__ disse...

Oi, bonito.

Venho aqui de novo, solicitar a tua visita tão indispensável. Porque os verdadeiros poetas marcam as malditas mulheres.

Beijos, beijos

__Felícia__

Marla de Queiroz disse...

Parabéns por todo teu sucesso,Jardinzin.
Você merece e isso é só o início
de uma caminhada de tanta luz.
Um beijo meu.