15.10.08

De Época

Eu poderia tornar drama
épico o meu passado,
tão simples e prosaico,
tão contemporâneo.

Eu poderia erguer pirâmides egípcias
de complexos édipos, palavras
à sombra do império paterno,
dourar o meu caderno.

Mas meu cotidiano foi mais
humano, e não menos
poético por isso:
ser mundano hoje é mais propício.

25 comentários:

Dauri Batisti disse...

"ser mundano é mais propício"
ser mundano é estar mais disponivel para ver a poesia
no cotidiano, pois afinal o que temos é o dia, o de hoje.

Anderson F. disse...

excelente poema Jardim, final incrivel, surpreendente,um dissonância eu diria do ser humano num mundo moderno e desumano, parabéns, me emocionou!

Jéssica disse...

Adorei tua visita em meu blog, como me achou?

Linda a forma que escreve!

"Ser mundano é mais propício"

Beijo doce na alma

Thiago Ya'agob disse...

Boa tarde, Jardim.

Estava visitando alguns blog1s dos meus amigos e fui direcionado ao teu. Cá estou eu numa reflexão mui abrangente.

Gostei do poema. Essa humanidade precisa nem sempre é compreendida.


Shalom.

Delia disse...

Hum, que vivamos os dias que nos dão!
Valeu a visita, volte sempre, será um prazer.
beijos

Paula Jardim disse...

Simples e bonito....

Me fez pensar....gosto disso!!!!!

bjs

Luciana disse...

Parabéns.Linda forma de pensar,de escrever...

Laís Eva disse...

"Humano aprendendo a ser humano, humano ser talvez mundano , talvez humano, mundano ser! Ser mundano humano talvez, mundando talvez ser humano, humano ser aprendendo..."

Laís Eva disse...

posso favoritar?

=)

Germano Xavier disse...

Ritmo, melodia, toque: tudo harmônico, como numa valsa vienense.

Bom trabalho, Jardim.
Continuemos...

Marcia Barbieri disse...

Adorei, realmente,às vezes,ser mundano é mais propício.

beijos e bom fim de semana

Cais da Língua disse...

Inteligentes palavras.
:)

Alice disse...

Passei aqui para agradecer a visita ao nosso blog e dizer que gostei bastante dos seus textos, parabéns!

Duda disse...

uhmn...
esse é um poema que eu não sei não...

tenho que reler ele depois.

abraços!

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Sê sempre mais humano, um solo fértil pra boas sementes-palavras-mundanas brotarem!

...

Jéssica disse...

É verdade, eu que passei por aqui primeiro. ;)

Um semana cheia de luz e positividade.

Beijo na alma

Na casca de limão disse...

A rima rima.
A fôrmas forma.

=]

Na casca de limão disse...

[ih, vc conheceu a alice]

Fabiana disse...

Leandro, combinado, então. Assim que sair do sufoco do final do mês, peço um exemplar contigo ;-)

Ismar Tirelli Neto disse...

opa, leandro! gostei bastante daqui também, estarei de volta mais vezes. prazer!

Jaque Lima disse...

ser mundano é mais propício, menos ficticio. mas tão pouco artistico. afinal. não tem graça ser mal. ou ignorar um tal. aquele que passa. e vai. e a gente nem vê. nem sente. ou mente. que não viu. por isso não sorriu. faz parte. assim é ser humano. coisa de homem mundano.

Beijos!

J.F. de Souza disse...

Epopéias em histórias mundanas
Tempestades em copos dágua
Beleza na tristeza e na simplicidade das coisas
Não importa a época
Não importa se há muito sangue, mortes e guerras
A Poesia se arranca de qualquer espécie de dor
e delícia
De qualquer momento de fúria ou folia
--------------------------------

Tbm bateu saudades do velho e bom Jardim! É sempre bom visitar este espaço...

1[]!

Bia Pedrosa disse...

ser mundano também é uma forma de ver a vida com outro olhar.
obrigada pela visita! as fotos são minhas sim.
apareça sempre por lá.
ps. estou adorando passear pelas suas palavras

Maria Flor disse...

tão lindas as flores que pude colher aqui...


beijocas!

flor

Sabrina Sanfelice disse...

Mundano. Palavra que associo automaticamente a "profano" (?).

Profanar a moral concebida, com doses de poesia, um copo de sentimentos e uma boa cartada de literatura.

Quero um gole desse "mundano profano". Todo dia. Todo santo dia. Se assim for, me entrego ao mundo...