7.1.07

DESENHO 3x4*

Ando em falta com a beleza,
e os meus poemas tropeçando excessos,
nas falhas ardidas desses dias trôpegos.

Minhas penas não me faltam, falam.
Assim como dispenso outras feridas, vejam,
queria apenas uma boa poesia.

Mas há algo de outra cor na chama que me falsa,
que não inflama a pira de uma valsa sequer,
nem inspira o sangue que de frio reclama.

É que não quer fama a dor que hoje me salta,
e me vitima calma em seu feitio sedutor.
Me resta, enfim, a flor de um vão rimar bravio.

* da série retrospectiva 2006 Jardim no B7C: este poema foi postado lá em 8/10


^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Falando nisso,
Começou hoje: não percam!
Vamos lá prestigiar nossos convidados
e descobrir o que de bacana está sendo feito por aí!
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Prometo pra essa semana anunciar os preços dos meus dois livrinhos da série Poesia Presente para compra pelo correio.
.
Mais uma foto pra dar uma idéia do tamanho.
(Mais informações nos posts abaixo)

15 comentários:

Múcio Góes disse...

Grande Jardim, num re-verso valsificado.

Muito bom!

[]´s

Anônimo disse...

meu querido,

procuras um bom poema?
já o tens, bem aqui
no seu jardim [en]cantado de floresias!

poeta[ ]'s

PS:oba! luarau poético? me avisa! o único porém é ser no dia 9 e eu receber só no dia 10...enfim - mantenha contatos imediatos, ok?

Anônimo disse...

Como foi o nosso primeiro visitante, você receberá um prêmio por isso! Aguarde! Essa é a nossa semana de estréia, portanto novos posts estão por vir.

Muito obrigada pela expectativa e volte sempre que desejar. Adoraremos tê-lo como leitor assíduo!

Um abraço.
Draissar Castic

www.malditasmulheres.blogspot.com

diovvani mendonça disse...

Camarada Jardim, sua poesia sempre acorda inquietacoes. Olha, quero adquirir seu presente poético. Assim que estiver tudo ok, envie-me e-mail com nº de sua conta. MontanhosoAbraçoDasMinas.

diovvani@yahoo.com.br

Luzzsh disse...

Oi querido Jardim,

Muito bom que o tenha postado aqui; não o tinha visto antes. Lindo e forte...

Beijos...
(Quero livro pelo correio. Autografado, sim?! Manda a conta para depósito ou entrega em mãos no próximo encontro de poeblogueiros. 2ª opção, preferível, rs)

Vitor Duarte disse...

Poesia Presente em Pétalas

Eu, leitor, sofro o impasse a dúvida, indecizão.
Brincar de bem me quer
e petalar a primeira pessoa de quem lembrar,
ou guardar na prateleira,
junto com outros filhos da celulose
E ,como um botânico,
preservar para futura observação
essa rara flor.

Mas a decisão não me cabe mais
porque duas PrePosições nas costas,
destinam seu colorido a outros olhares.
Classificando como crime ambiental impedir o caminho das flores.


www.quatrod.blogspot.com

paty disse...

Que delícia tuas poesias,Leandro! Estou muito feliz em deparar-me com tal pérola digital. Muito bom! Você escreve com um lirismo indescritível, teus versos me ressoam qual sinfonia de Aretha Franklin.Beijos

Cássio Amaral disse...

Bacana conhecer você brother e a galera. Aquele dia foi show de bola.
Amanhã vamos uivar poemas na praia.
Linkei seu blog no meu.
Abração.

Ariane disse...

ólá amigo!
mesmo quando andas em falta com a beleza, ela teima em não te deixar, né?

belas palavras sempre,
"eu vejo flores em você"

beijos nublados

Juliana Marchioretto disse...

bonito, Jardim!

beijo

da gaveta disse...

ah, o livrinho! ainda não tenho o meu!

aliás, até hoje esqueci de comentar: naquele dia que eu ia pegar o livro eu não pude ir e te mandei uma msg de celular, mas acho que ela não foi.

Lubi disse...

Ahhh, que saudade daqui, moço-Jardim.
Mesma beleza diferente de sempre.

Beijo.

Aline disse...

Me resta, enfim, a flor de um vão rimar bravio.


De um futuro jardim sem flor
De rimas bravas em vão.

Amei!

Beijos Beijos.

Felícia Lun'azul disse...

Jardim das delícias,

Vem nos visitar!

[http://malditasmulheres.blogspot.com]

Verônica Rocha disse...

bacana! vou passar mais por aqui...