27.5.07

APONTAMENTOS À BEIRA-MAR

A cidade cinza da manhã
abarcando pessoas, roupas e árvores,
rebatida pelo absurdo azul do mar:
- Brilho, sou a haste do seu contraste.

--------------------------------------

O mar é todo o mar
Mas a parte que aqui está
Está longe de ser a de lá

--------------------------------------

Um dia também é uma onda
Onde o ia se muda
Inunda-se a chama
E o tronco flutua
No efêmero drama

15 comentários:

Marla de Queiroz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marla de Queiroz disse...

A MAR LA À BEIRA APONTA A MENTE

Manhã absurda:
há cinzas no há-mar.
O azul veste hastes
pessoas, roupas, árvores
e embrulha a cidade
de contrastes.

_________________________

O mar-lá e toda amar-la aqui.


__________________________

A onda em chamas
o tronco se ia
flutua o drama
no efêmero dia.

Marla de Queiroz disse...

" Ser poeta não é minha ambição, é a minha maneira de estar sozinho..."

(Fernando Pessoa)

Jackie disse...

Olá Leandro! Mais um lindo poema! bjokas!!

Larissa Marques disse...

O cinza abraça muita coisa na vida, lindo poema, me fez chorar.

Nanna. disse...

Queridinho, tem um desafio pra você, lá no blog... Chega lá! Risos!

Beijinhos!
:))

*Caroline Schneider* disse...

Teu SURSIS é 'ad eternum'? Rsrsrsrs Teus poemas já dão sinais de q ele está se acabando... e de que já estás apto a ponderar, sabedor e eloquente o bastante pra criar asas e voar sobre o mar em dias azuis ou mesmo cinzentos. Amadinho, mande o nº da tua conta pra mim, que quero comprar os três tesourinhos do "jardim", rsrsrs. Se possível, mande pelo msn ou no email carolinecwb@gmail.com, pois não acesso o email do hotmail. Beijocas estaladas e bom domingo pra ti, schön.

Luzzsh disse...

A onda dia encobre a lua
marola
aurora.

:)

Beijooooss, Jardinzin!!!

moacircaetano disse...

eu, sem tempo pra ler essas belezuras... viajando muito!
Abraço, Jardim!

Analuka disse...

Encantadores, teus escritos!... Bom voltar por aqui e sentir estes cheiros marinhos, e flutuar nestas ondas e chamas... Abraço alado!

Múcio Góes disse...

"Brilho, sou a haste do seu contraste.", e quem nao quis este verso, hein? perfeitos!

[]´s

Clóvis disse...

o amar-go do mar?

a cinza do ar-zul?

(...)

Lubi disse...

"O mar é todo o mar
Mas a parte que aqui está
Está longe de ser a de lá"

Que isso, hein?
Perfeição singela.

Um beijo enorme de saudade.

Rayanne disse...

No último apontamento,
Aponta a mente,
Suposto drama:
Efêmera chama,
De um mudo dia.

E quem borboletra jardins de palavras e se enc(l)a(u)su(r)(l)a nos meigos ramos, derreste a casca e musica o dia???

***Estrelíssimas***

Jackie disse...

Olá! Passando pra desejar um ótimo final de semana! Bjokas!!!