27.8.07

PORTO PASSSADO

Por ti, porto
passado em que não
parei, parto
e só me permito a cor
púrpura, como sua
sombra de intensidade, ou
profundidade posterior, ao
mar que a memória escorre
quando escolhe me olhar.

14 comentários:

Múcio L Góes disse...

todo porto é uma porta, pra quem parte, ou se parte em partes...

massa!

[]´´s

Ramon de Alencar disse...

...
-Penso, se o mar nos devolve o olhar quando olhamos para este?
Assim como os abismos?

aFlavis disse...

O porto me lembra somente despedida, não era pra ser, já que também é chegada.

Beijo

Saramar disse...

esse mar dentro da gente, conforme você contou/cantou parece nunca parar de escorrer...

beijos

Mauricio disse...

Vim ler suas poesias para melhorar o dia e deixar um abraço.

Lubi disse...

ó/

paulo vigu disse...

Palavra com 3 "s" estende ainda mais o passado por onde este poetairm�o passou. E portos s�o chegadas e idas. Mem�ria escorre mesmo ~~~~~~ ao mar. Belo hein! Riodaqui a�. Abra�o . Paulo Vigu

cra disse...

porto é nina simone, billie, sarah vaughan. essas coisas que são uma tarde inteira. isso aí.

Vanessa Aragão disse...

oi leandro! não sabia desse universo poético...adorei! te visitarei sempre! beijos

Rayanne disse...

E o que me importa
o parto desse aparte,
perto dessa parte,
metade que é porto,
e essa metade que parte?

rsrs. Gostei de brincar.

***Estrelas prá enfeitar saudade, Jardinzim***

Erika disse...

Oi Leandro, obrigada por visitar o Oncotô. Espero que volte sempre.

Gostei do nome do seu blog, logicamente a ver com o seu nome né?

Favoritei. Vou voltar.

Beijo

Andrew disse...

Todo porto transforma uma pessoa em mundo, deixa de ser ilha...

Excelente poema, voltarei mais vezes aqui, conforme o andar do tempo me permita hehehe

Abraço!!!

Luzzsh disse...

Eu, que agora retorno, venho te olhar também. Olhar carmim, pelo desejo de Poesia. Aqui, sempre me sacio.

Beijos saudosos, Jardinzin!

Sandra Regina de Souza disse...

"mar que a memória escorre
quando escolhe me olhar.": primorosos versos!!! Amo. beijos