9.9.07

PELA VIDA

levar pela vida poesia
mas seus dramas não priorizar
a beleza, talvez, da lida
o caminhar, caminhar, caminhar

as repetições transformá-las
transformar o concreto da paisagem
em paisagem

abstrair o estampado das ruas
e ouvir a lua
ou a música nos olhos da musa nua

abusar das flores e rimar pessoas
ser metáforas, não inventá-las
incorporá-las
à mão do ouvido

extrair, assim, da vida a vida
em seu re-valor presente

e dos pés fazer um poético andor


***
novidade minha também no
manufatura
e no

19 comentários:

amourinha disse...

lindo
já falei que gosto do que você escreve??
gosto muito
beijos

Raiça Bomfim disse...

os caminhos das peles
as linhas da lida
pela vida caminhar
caminhar, caminhar

Belos trilhos.

Erika disse...

"abusar das flores e rimar pessoas
ser metáforas, não inventá-las
incorporá-las
à mão do ouvido"

adorei isso!!!!

Beijo

Lubi disse...

Jardiiiiim, peguei seus livros com a Dona Czarina. Liiiindos! Tão delicados. AMEI.

Um beijo.

Thiago Ponce de Moraes disse...

Fala, Jardim.

Concordo, cara, Paul Celan é poeta fortíssimo. É assustador mesmo, sombrio.

E o Reis é outro perverso. Nem é possível falar muito.

Valeu pelas leituras lá no blog.


Aliás, gostei deste poema seu. Estará no volume novo de poemas?


Cara, enfim, não te passei meu livro, não é? Vamos marcar alguma coisa, papear. Daí te entrego.


Abraços.

Carol Marossi disse...

Desse eu gostei. Só achei que essa repetição 'transformar o concreto/ da paisagem/em paisagem/abstrata' truncou um pouco o ritmo. Creio que vale substituir esse 'paisagem abstrata' também, por causa do 'paisagem' anterior.
As demais estrofes estão boas demais. Siga escrevendo que a gente te acompanha.

Beijos!

Sônia Marini disse...

Lindo poema. "ouvir a lua ou a música nos olhos da musa nua" é privilégio de poucos. Ou outros, são surdos.
1 beijo

Sônia Marini disse...

Era "OS outros são surdos"

Márcia(clarinha) disse...

Rimas pobres, rimas ricas, rimas abusivas, rimas invasivas, rimas tímidas, rimas que viram poesia ...
beijos

Múcio L Góes disse...

"se
mar
for
terra,
se
trans
for
mar"

[p.l]

lembrou-me... belo, Jardan!

[]´s

Mônica Montone disse...

rimar pessoas é bom, gosto muito!

beijos, querido

MM.

Octávio Roggiero Neto disse...

http://www.paopoesia.blogspot.com/

Renan Reis disse...

Bela é a amizade entre pessoas de mesma rima. Palavras mágicas que só podem rimar.

Paula Jardim disse...

"levar pela vida poesia
mas seus dramas não priorizar"

Já comecei gostando!!!!

Lindo, Lindo, Lindo!!!!

Só não é tão simples....hhehehe

PARBÉNS!!!!!
AMEI ESSE!!!!!

BJS

Lubi disse...

Claro, completo, lúcido.
Do jeito que a vida tem que ser.

Beijo.

Ju Santos disse...

Ser metáforas na poesia da vida...assim rimaremos uns com os outros...

fabio jardim disse...

poesia viva!!

Lais Mouriê disse...

Gostei demais desse jardim...
Regarei por aqui sempre!

Bjos

Flávia disse...

vou ver se apareço nesse lançamento. Gosto de encantamentos.
abraço,
flávia