15.5.09

Exercício sobre uma tristeza noturna

Glissando


Há algo de triste,
além da elisão - vogal
glissando a um tom mais baixo -
por baixo de mim.

Há um espaço doído,
ainda que buraco,
ou vazio e apertado,
por bem ao centro de mim.

E um tanto nublada
minha parte de cima,
de onde partem tais rimas,
fagulha e estopim.

Onde os tortos sonhos? Onde
se forja uma explicação?
Dai-me alguma razão, se existires,
ó Cosmos, Deus, Sr. Motivo.

Pois não me abarca a paisagem
dessa beira de abismo,
nem se vasto o lirismo
que não deixa dormir.


---------------------
(da série Exercícios)

13 comentários:

Michelly Barros disse...

"sempre haverá uma 'insônia honrosa' naqueles que, por qualquer razão obscura, se sintam responsáveis pela vida e o destino dos homens"

André Lasak disse...

Interessantes essas glissadas no âmago da alma insone.

Abração!

Paula Jardim disse...

Vc tá ficando cada vez mais intelectual!!!!!!!!!

ARRASOU!!!!!

Agora o que será que te angustia tanto? Eu, irmã, fiquei preocupada...

: )

Te amo,
BJs

Nadja disse...

Perfeito:no sentido estético e no sentido que o poema deve ter,ou seja,Alma!


Você tem alma!


rs


beijoss

Sandra Regina de Souza disse...

Muito.. muito bom, Querido JArdim! Estas tuas flores inspiram rimas! Gostei demais desse "exercício" vou tentar praticar!!...rs..bjos

Michelly Barros disse...

adoreeeeeeeei encontrar contigo!
vim só deixar registrado! :)

beijoooooooo

Thalyta França disse...

delicia.

Lysia disse...

vc tá q tá hein!

Ramon de Alencar disse...

...
-Que belo lirismo... que fique acordado pois, mesmo que insone...

saudade de passar por aqui..

Estejas bem, jardineiro.

Lubi disse...

seus poemas têm o seu tom.

Renata de Aragão Lopes disse...

Gostei, Leandro, que tudo que li por aqui!

Você escreve com inversões sutis e rimas constantes, o que muito me agrada.

Tomarei a liberdade de incluir o seu espaço entre minhas "delícias alheias", sobretudo para que possa acompanhar sua produção poética.

Um abraço.

Ianê Mello disse...

De uma noite insone brota uma linda poesia em seu jardim.

Parabéns!

Bjs

SMM disse...

Adorei teu texto! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com
Valeu!