16.11.06

UMA MÁGICA DE AGORA

para Marla, Rayanne e Grilo

Agora que entendi que antes doido que doído,
monto uma prática para insignificar-me.
Agora, que me influíram esses astros de que tudo é fluido,
vago vagaroso divagando meus encontros.
Hoje que sei que só sou hoje e ontens,
não quero me secar do banho de orvalho de retinas.

Energias de gente-mundo me cambalhotaram pássaro.
E agora, agora mesmo, agorinha,
sigo mais a rolar vôos de alegria.

Rio de Janeiro, 16/11/2006 11:23 da manhã

24 comentários:

Rayanne disse...

Pássaro cambalhotado, orvalhado das retinas contidas dentro de amanheceres infinitamente TERNOS!
(Vc se superou e transcendeu completamente....... nunca, tanto amor tão lindo em ti completamente BELO!!!)
MARAVILHOSOOOOOOO!!!!!!!!!!!!

***As maiores e mais claras estrelas***

Múcio Góes disse...

eita, que um dia, um dia de sol, se noite, de estrelas, estaremos juntos, para sermos, para vê-las!

salve, salve!

[]´s

Grilo disse...

Cambalhotaram Grilos!
Tú saiu voando daqui?
Valeu Loko!

Um abraço do Grilo! Cri cri cri cri...!

marlaaah disse...

Vc é uma das melhores coisas que já me amanheceram!!!!!!!!Sol-risos de orelha a orelha.........E um beijo e-terno!
Muito bom tê-lo perto.

P.S.: Acho que esse foi o melhor poema que vc já escreveu.....rsrsrsrs....começando pela dedicatória! hahahahahah

A czarina das quinquilharias disse...

inveja inveja inveja inveja.

Clarice disse...

se bem pressinto
o que aqui é dito
eu doidamente acredito
que voajantes sinceros
cambalhotam alegria
neste florido Jardim

paz e amor

Luzzsh disse...

Um dia. Todos nós, juntos, ligados pela poesia e pela intensidade das sensações. Quem sabe um dia, um encontro de todos nós, blogueiros absurdos, num mesmo espaço, experimentando não somente estar perto em alma e coração, mas também perto o suficiente para um brinde? Quem sabe.....

Lindo, lindo Jardim!....

Beijos...

Paulo Vigu disse...

Então foram de sarau? É, total, o que está dito acima: encontros que provêm de versos in versos projetam vôos de alegria. Voe, meu filho, voe - Riodaqui - [ ]`s aí - Paulo Vigu

Juliana Marchioretto disse...

então voe, rapaz!!

bjo

Márcia(clarinha) disse...

que todos os sensíveis de pensamento pudessem alçar grandes vôos nas poesias, voe!
beijossssssssssss

Marcellinha disse...

Lindo! Continue doido, fluido, orvalho, cambalhota, pássaros e alegria.
Bjs bjs

Clauky Saba disse...

Nossa musicoeta, isso aqui está simplesmente BÁRBARO. Adoro ler coisas assim, raras!

"antes doido que doído"

"Energias de gente-mundo me cambalhotaram pássaro."

CLAP CLAP CLAP

Clauky Saba disse...

Nossa musicoeta, isso aqui está simplesmente BÁRBARO. Adoro ler coisas assim, raras!

"antes doido que doído"

"Energias de gente-mundo me cambalhotaram pássaro."

CLAP CLAP CLAP

Assim é, se lhe parece disse...

Que bom que voas...
e que seja bem longe do chão meu caro!
Abraços...

vanessa_fmc disse...

Já está ficando sem graça de elogiar...rs... Cada dia melhor! Amei o cuidado com as palavras sem perder a intensidade do significado! Belo trabalho! Muito bom mesmo! Parabéns!

Mônica Montone disse...

Oi, Leonardo!

Que essa sensação de cambalhotear passaramente dure mais que o instante ;o)

beijos,

MM

ps: te achei na Clauck e vim conhecer seu espaço

ps2: se quiser conhecer meu canto será bem vindo

Anônimo disse...

Simplesmente maravilhoso!!!!!Só que tem pleno domínio e conhecimento do português, brinca com tanta elegancia e fluencia com as palavras. Parabéns!

Mary Jane disse...

Algumas vezes, o q eu mais preciso é abrir os braços, a beira de um abismo e pular...
... e quem sabe assim, voar.
:-/
Beijos, Menino.

moacircaetano disse...

brilhante!!!
"me camabalhotar pássaro" é coisa de gênio!

Juliana Pestana disse...

Lindo demais, Jardineiro...

Sem direitos autorais, mas vc tá no meu cantinho virtual.

bjos.

Bela Lachter disse...

Ah ótimo te ver depois de tanto tempo no niver da Jú!
Pena que não rolou o sambinha, fica pra uma próxima!
Beijos e mais flores pra vc!

bruno zanchetta disse...

conheces mesmo o amor!
como disse, estou um pouco afastadodo mundo virtuale talvez do mundo real também...
mas sempre passo por aqui, mesmo que ñ comente, seus escritos me fazem muito bem, sempre!
abração jardineiro.

douglas D. disse...

lindos vôos
poesia!!

remosaraiva disse...

Porra!! Você se superou, meu amigo Jardim!!!

Dois versos são, particularmente sensacionais:

"monto uma prática para insignificar-me"

e

"Energias de gente-mundo me cambalhotaram pássaro"

Arrebentou!! Putz, demais!!!
Parabéns, poeta!!


Grande abraço,

REMO.